Este pretende ser um "espaço" público de partilha de ideias, um espaço de comunicação...

07
Dez 08

 Pensam os homens e mulheres de maneira diferente sobre a ética?

  1. A resposta de um rapaz (Jake) de onze anos:

R. Para começar, uma vida humana vale mais do que o dinheiro, e se o farmacêutico ganhar apenas mil dólares, continua vivo, mas se Heinz não roubar o medicamento, a sua mulher morre.

P. Por que razão a vida humana vale mais que o dinheiro?

R. Porque o farmacêutico pode ganhar mil dólares mais tarde, pagos por pessoas ricas com cancro, mas Heinz não pode recuperar a sua mulher.

P. E porque não?

R. Porque as pessoas são todas diferentes e por isso não seria possível recuperar outra vez a mulher de Heinz.

 

      2.   A resposta de uma rapariga (Amy), também de onze anos:

 

R. Bem, eu penso que não. Penso que poderia haver outras maneiras além do roubo, como por exemplo se pudesse pedir o dinheiro ou fazer um empréstimo ou coisa do género, mas ele não devia roubar o medicamento. Mas a mulher dele também não devia morrer... Se ele roubasse o medicamento, poderia salvar a mulher, mas se roubasse, podia ir para a cadeia e, então, a sua mulher podia piorar outra vez, e ele já não podia arranjar mais medicamentos, e isso podia não ser bom. Por isso, eles deviam realmente conversar e descobrir outra maneira de arranjar o dinheiro.

RACHELS, James, Elementos de Filosofia Moral, Gradiva

publicado por Carlos João da Cunha Silva às 12:20

Eu acho que em termos morais ambos erraram. Porque o farmaceutico nao solidario e foi egoista (foi anomico). E o Heinz fazia um algo errado que na o serve na sociedade civil...robava
Dotinho Namuno a 10 de Abril de 2013 às 12:21

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10

15

21
25
27



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Filosofia
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO