Este pretende ser um "espaço" público de partilha de ideias, um espaço de comunicação...

07
Out 13

   

Campo de Concentração de Auschwitz

 

"Chegamos a uns prados cheios de flores. Vimos e compreendemos que estavam diante de nós, mas não sentíamos nada. A primeira centelha de alegria chegou quando vimos um galo com uma cauda de penas multicolores. Mas foi só uma centelha; ainda não pertencíamos àquele mundo. Ao fim da tarde, quando nos encontrámos novamente na caserna, um dos presos disse a outro em segredo: "Diz-me uma coisa, hoje sentiste-te satisfeito?"

E o outro respondeu, sentindo vergonha porque desconhecia que todos sentíamos o mesmo: "Para dizer a verdade, não!"

Tínhamos, literalmente, perdido a capacidade de sentir contentamento e tínhamos de o reaprender lentamente".

 

É desta forma que Viktor Emil Frankl, em O Homem em Busca de um Sentido, descreve os dias que antecederam a libertação dos prisioneiros do campo de concentração de Auschwitz.

De acordo com o autor, o que se estava a passar com os prisioneiros libertos podia chamar-se "despersonalização". Tudo parecia irreal, improvável, como num sonho. Os prisioneiros não conseguiam acreditar que era verdade.

Defendendo a tese segundo a qual a saúde mental está fundada num certo grau de tensão entre o que já realizámos e aquilo que ainda queremos alcançar, ou o espaço entre o que somos e aquilo que pretendemos vir a ser - e não num estado de equilíbrio, num estado de homeostasia, como normalmente se postula -, Frankl narra, na primeira parte do livro, a sua dramática luta pela sobrevivência enquanto priosioneiro e, na segunda parte, expõe o seu método de psicoterapia: a logoterapia.

Frankl descobriu que os sobreviventes eram aqueles que criavam para si próprios um objetivo, que encontravam um sentido futuro para a existência.  

publicado por Carlos João da Cunha Silva às 23:24

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
29
30
31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Filosofia
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO