Este pretende ser um "espaço" público de partilha de ideias, um espaço de comunicação...

09
Jun 13

Já foi aludida - Última Estação – Epílogo - a resposta dos existencialistas ateus em relação à questão do sentido da existência.

Falta mencionar o "ramo" cristão do existencialismo.

Os existencialistas cristãos refletem sobre a pessoa humana na sua relação com o infinito, na sua relação com Deus.

Esta relação é entendida como uma relação de sentido, de complementariedade e união.

Será na aproximação destes dois pólos que se superam os limites e que a própria vida fica plena de sentido.

Ao contrário dos existencialistas ateus, para quem a existência de Deus retira liberdade ao homem, os existencialistas cristãos afirmam que Ele é a sua origem e o próprio sentido da vida.

Karl Jaspers pode ser considerado um dos representantes do existencialismo cristão.

Este autor concilia a liberdade humana com a existência do transcendente.  

publicado por Carlos João da Cunha Silva às 13:24

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

17
18
19
20
22

23
25
26
27
29



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Filosofia
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO