Este pretende ser um "espaço" público de partilha de ideias, um espaço de comunicação...

07
Jun 13

Cinismo e Mundo Atual. Que relação?

Na atualidade, ninguém poderá sentir-se lisonjeado com o epíteto de cínico, o que é perfeitamente compreensível.

Atribuir a alguém tal adjetivo, com o intuito de o caracterizar, significa atribuir-lhe a prática e/ou ditos imorais, impudicos ou mesmo escandalosos.

Como tal, um cínico é alguém pouco recomendável, dado tratar-se de um desavergonhado ou um devasso.

Curiosa é a evolução semântica do termo “cínico” e aquilo que foi representando ao longo dos tempos.

Na antiguidade clássica, ser cínico significava abraçar uma filosofia de vida.

Esta filosofia de vida caracterizava-se, sobretudo, pelo desprezo em relação às convenções, leis e normas sociais.

Para os cínicos, a liberdade só poderia alcançar-se através da auto-suficiência.

O verdadeiro cínico, nunca seria "escravo" das suas necessidades físicas e emotivas, nunca recearia a fome, o frio, a solidão, nem mesmo sentiria qualquer desejo de sexo, dinheiro, poder ou glória.

O ideal do cínico clássico é o “regresso à natureza”. Em consonância com esse ideal, o cínico dorme em qualquer lado como um mendigo ou mesmo como um “cão”, sob o pretexto de que toda a terra é sua.

Por isso, pode dizer-se que são os primeiros hippies e punks da história da humanidade.

Ser-se cínico era, em suma, uma opção de vida, uma recusa da "civilização".

Decorridos mais de vinte séculos desde os primeiros cínicos, pelas artérias das nossas cidades – supostamente “civilizadas” – vagueiam e deambulam, em quantidade crescente, mendigos e sem-abrigos.

Porém, entre estes últimos e os primeiros “cínicos”, há uma diferença substancial.

Ser “cínico” constituía uma opção de vida, uma manifestação contra os valores e as convenções da sociedade;

"ser" mendigo, hoje, não constitui uma opção nem uma filosofia de vida. É antes uma fatalidade, uma desventura a que são votados muitos cidadãos, em virtude de uma sociedade cada vez mais hipócrita, insensível e cínica.

publicado por Carlos João da Cunha Silva às 20:47

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

17
18
19
20
22

23
25
26
27
29



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Filosofia
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO