Este pretende ser um "espaço" público de partilha de ideias, um espaço de comunicação...

15
Jan 09

A palavra "religião", de religare, significa ligar novamente, restabelecer a ligação perdida entre os planos do humano e do sobre-humano, do natural e do sobrenatural, da terra e do céu - de que o arco-íris seria o símbolo, da velha aliança entre a terra e o céu - ou, em última análise, do homem consigo próprio, unificando a família humana. Nesta linha de pensamento a principal meta da religião é a demanda do sentido para a existência.

Na sua dimensão prática, porém, a religião revela-se como uma manifestação cultural. Quer isto dizer que o homem não é, naturalmente, um animal religioso, ou seja, a dimensão religiosa do homem decorre da sua vertente social. E se, num certo sentido, a cultura unifica a espécie humana, noutro sentido diversifica-a.

O que dizer da religião como produto cultural?

*Conselho do Cardeal Patriarca de Lisboa às jovens portuguesas

publicado por Carlos João da Cunha Silva às 23:31

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

14

23

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
Filosofia
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO