Este pretende ser um "espaço" público de partilha de ideias, um espaço de comunicação...

01
Nov 15

             John Locke, filósofo inglês do século XVII, acreditava que uma vontade livre era uma ilusão. Para ilustrar essa crença, Locke utilizava a experiência mental do homem sozinho fechado num quarto. Enquanto dorme, alguém do lado de fora fecha todas as portas e janelas que dão acesso ao referido quarto. Entretanto, o homem ignora o facto de que se encontra fechado no quarto. Ao acordar, decide permanecer no quarto, pensando que tem a liberdade de escolher permanecer ou sair do quarto.

             Será a condição humana semelhante à do homem fechado no quarto?

            Na mesma linha de pensamento, o filósofo alemão do século XIX, Arthur Schopenhauer, sugere-nos a seguinte situação:

            “São seis horas; acabou-se o trabalho. Agora posso ir passear, ou ir ao clube; posso também subir à torre, para ver o pôr-do-sol; posso também ir ao teatro; posso também visitar este ou aquele amigo; na verdade, até posso sair a correr pelos portões da cidade em direção ao vasto mundo, e nunca mais voltar. Tudo isso depende inteiramente de mim; tenho completa liberdade; contudo, não faço qualquer uma dessas coisas; em vez disso, vou para casa, de forma igualmente voluntária, para junto da minha mulher.”

            Isto é como se a água dissesse:

            “Posso formar grandes ondas (como as tempestades do mar); posso correr por uma colina abaixo (como num rio); posso precipitar-me cheia de espuma e salpicos (como numa queda de água); posso erguer-me livremente no ar como um jato (como numa fonte); finalmente, até posso ferver e desaparecer (como a 100º centígrados de temperatura); contudo, não faço qualquer destas coisas; em vez disso, permaneço calma e límpida neste lago tranquilo.”

publicado por Carlos João da Cunha Silva às 18:48

Novembro 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


Filosofia
Local
mais sobre mim
pesquisar
 
Neste Momento
online
blogs SAPO