Este pretende ser um "espaço" público de partilha de ideias, um espaço de comunicação...

01
Jun 09

Aos valores religiosos não adere nenhum dever-ser. Não são valores de um dever-ser mas de um Ser, como refere Hessen em Filosofia dos Valores. Nisso se afastam dos valores éticos, para se aproximarem dos estéticos. No entanto, a realidade do sagrado não é, como a do belo, apenas uma realidade aparente, mas uma realidade no mais eminente sentido desta palavra: o sagrado/divino é, ao mesmo tempo, valor e ser. 

publicado por Carlos João da Cunha Silva às 23:37

Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12

14
16
18
20

21
23
24
26
27

28
30


Filosofia
Local
mais sobre mim
pesquisar
 
Neste Momento
online
blogs SAPO