Este pretende ser um "espaço" público de partilha de ideias, um espaço de comunicação...

31
Mai 09

O véu da ignorância constitui, na obra de Rawls, a descrição metafórica da barreira contra o uso de interesses parciais na determinação dos princípios da justiça.  O véu da ignorância define a "posição original". É como se as partes em causa tivessem de fazer um contrato acerca das estruturas sociais básicas, definindo, por exemplo, as liberdades que a sua sociedade permitirá e a estrutura económica que irá aceitar, mas sem saber que papel elas próprias irão ocupar na sociedade

Rawls acredita que só deste modo, a partir de uma posição deste tipo, um sistema social pode satisfazer os requisitos da justiça.

Como definir uma sociedade justa, de acordo com Rawls?

Imagina que eras membro de um "Conselho Supremo" que tem de fazer todas as leis de uma sociedade futura.  Eles, os membros, têm de pensar em tudo, porque mal estiverem de acordo e tiverem subscrito todas as leis, morrem. E, segundos mais tarde, acordarão na sociedade cujas leis fizeram. O truque é o facto de não fazerem ideia onde acordarão nessa sociedade, ou seja, qual será a sua posição nela. Uma sociedade destas seria uma sociedade justa, porque racionalmente definida, e cada um estaria entre iguais.

publicado por Carlos João da Cunha Silva às 23:28

estou de acordo com este filoso Rawls
Fabiao Mawai a 3 de Julho de 2013 às 17:08

Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
14
15

18
19
20
23

30



Filosofia
Local
mais sobre mim
pesquisar
 
Neste Momento
online
blogs SAPO