Este pretende ser um "espaço" público de partilha de ideias, um espaço de comunicação...

01
Fev 09

(Sócrates)

Os sofistas (século V a.C.) intitulavam-se sábios, por oposição ao "amante do saber", o filósofo. Tratava-se de uma postura um tanto ou quanto petulante que colidia com a atitude de humildade de Sócrates, de quem os sofistas eram contemporâneos.

Entre os dois sistemas há diferenças significativas, entre as quais se destaca a ideia de um relativismo, característico da sofística, por contraste com a crença na Ciência Universal de Sócrates.

Claro que o relativismo dos sofistas, nomeadamente a teoria do "Homo Mensura" atribuída a Protágoras, permitia-lhes a defesa de qualquer tese e, até, da sua antítese. Hábeis oradores, "mercadores de palavras", aos sofistas não interessava a verdade mas a conquista do poder pela palavra, pela retórica "negra".

 

Paradoxo da Lógica -Aqui

publicado por Carlos João da Cunha Silva às 00:37

Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9


22
23
27


Filosofia
Local
mais sobre mim
pesquisar
 
Neste Momento
online
blogs SAPO