Este pretende ser um "espaço" público de partilha de ideias, um espaço de comunicação...

18
Jan 09
Ver imagem em tamanho real
Há que distinguir dois tipos de egoísmo:
o ético e o psicológico.
De acordo com o Dicionário Escolar de Filosofia, o egoísmo ético é a perspectiva normativa segundo a qual qualquer agente humano deve agir sempre e unicamente em função daquilo que é efectivamente melhor para si. Quanto ao egoísmo psicológico, trata-se de uma perspectiva descritiva  segundo a qual qualquer agente humano age sempre tendo em vista apenas aquilo que julga ser melhor para si. Assim, qualquer acto aparentemente altruísta (por exemplo, arriscar a própria vida para salvar outra pessoa) esconde um motivo egoísta (por exemplo, parecer corajoso aos olhos dos outros).
Se a perspectiva do egoísmo psicológico estiver correcta, torna-se legítima a pergunta: será o altruísmo possível?  Ou ainda: fará o egoísmo parte da natureza humana? 
(Definição de Egoísmo: AQUI)
publicado por Carlos João da Cunha Silva às 23:23

Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

14

23

31


Filosofia
Local
mais sobre mim
pesquisar
 
Neste Momento
online
blogs SAPO